Bixiga, 1993

português | english

NÃO DEIXO O DITO PELO NÃO DITO.
SE FALO QUE VOU, NÃO FICO.
SE É PARA SUSSURRAR, EU GRITO!

Os ditos das palavras, sons e imagens.
Dos ditos populares do Brasil e outras terras.
E também os Ditos de Benedito.
Dos ditos ritmos do sincretismo e de outras crenças.
De tudo o que é possível somos mestiços.
Os ditos vira-latas.

Os Ditos no palco.
Itaim Bibi, 2018

Os Ditos

Os Ditos são, além de uma banda, um grupo de artistas atuando em múltiplas linguagens. Os Ditos fazem música brasileira mas antropofágica. A fusão de ritmos vai além do plano do repertório e chega à estrutura dos compassos, por vezes criando gêneros mestiços. Por exemplo, em Ensimesmado pode-se ouvir reggae e xote ao mesmo tempo.

Os integrantes são em sua maioria também artistas visuais, recorrendo a diversas linguagens para suas histórias, reflexões e provocações. Suas letras fluem em mão dupla entre a música e as artes gráficas, em uma prática que se assemelha à do cordel. De tiragem reduzida, suas peças impressas aparecem e desaparecem pela cidade, supostamente demarcando traçados em mapas afetivos.

Baseados na cidade de São Paulo, Os Ditos frequentemente pintam em suas letras retratos que personificam os anseios urbanos e suas contradições. Seus personagens geralmente não contam com muitos privilégios além da autoanálise em forma lírica. O dito pelo não dito. Os ditos de Benedito. Brasileiramente porém, prevalece em Os Ditos o viés do humor e a inexplicável tendência a fazer de qualquer história uma festa.

Leia mais sobre os projetos multidisciplinares mais recentes dos Ditos: Projetos Recentes

Os Ditos posters.
Coletivo Os Ditos. São Paulo, 2018

Cantar, mostrar, contar e encantar com
histórias e estórias da nossa cultura, da nossa gente
e de outras gentes, de qualquer lugar.
E de forma misturada, sem explicar.
Menos teoria, mais alegria e respeito.
Não há tempo; o tempo é agora.

Os Ditos

Contato: Dito Cujo Produções | Elizete Paulo | producao@osditos.com.br